Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Morreu no último 23 de outubro, o grande artista René Burri, um fotógrafo inesquecível. Na foto, tirada na construção de Brasília, em 1960, estudantes aguardam o transporte escolar.

sábado, 3 de janeiro de 2009

A dor infinita de uma fotografia


Samera Baalusha e os dois filhos que lhe restaram

Nas guerras, o sofrimento dos civis é sempre o sofrimento de anônimos, a dor infinita dos silenciosos, dos que carregam suas perdas sem poder dividí-las com ninguém. Na imprensa, aparecem como números e de perfil mudo, sem razões nem humanidades.

Mas na fotografia acima, temos a história parcial da tragédia. A mãe palestina de 34 anos chama-se Samera Baalusha, e tinha sete filhos. Agora, resta apenas o pequeno Mohamad de 15 meses, e a filha Eman de 15 anos, que estão registrados na fotografia de Abid Katib da Getty Images.

No momento da fotografia, Samera estava aguardando a liberação do corpo da filha Jawaher Baalusha de 4 anos. Outros quatro filhos já haviam morrido no ataque da aviação israelense ao campo de refugiados de Jebaliya, no norte da Faixa de Gaza, em 29 de dezembro último. Os filhos de Samera dormiam quando foram atingidos por estilhaços de mísseis disparados pela razia israelense.

12 comentários:

Moshe Avral Natan disse...

Refugiados?
Tudo preguiçoso esperando comida de graça dos países civilizados.

Anônimo disse...

preguiçoso, comida de graça e civilizado. Existe algo mais desprezível do que essas tres expressões?

Anônimo disse...

SENHOR MOSHE A. NATAN,
ADOLFO HITLER DISSE:TEMOS QUE MATAR TODOS OS SIONISTAS E OS SIONISTAS FILHOS DE ORIGEM DO CRUZAMENTO DE ALEMÃO/SIONISTAS, POIS TODOS SÃO PARASITAS E VERMES QUE SUGAM A GRANDE NAÇÃO ALEMÃ...E NÓS TEMOS QUE OUVIR A ESTÓRIA DECANTADA EM PROVA E VERSO, SOBRE O HOLOCAUSTO DOS SIONISTAS, MAS NÃO CITAM CIGANOS,EVANGÉLICOS ETC...HAJA PACIÊNCIA.
PS.VOCÊ ESTÁ NO BRASIL, PAÍS FRATERNO COM TODOS OS POVOS DO MUNDO.
ENTENDEU...

Anônimo disse...

Estou começando a concordar com Adolf. Israel está fazendo um esforço enorme para isso.

Oscar disse...

Por sinal, será que nossa filial do sionismo midiático - RBS - não irá mandar um dos seus correspondentes cobrir o conflito diretamente da faixa de gaza. Não vale das proximidades, tem que ser de dentro da faixa de gaza. Tem o tal de Nahum Sirosky que é correspondente de lá, mas sugiro a Ana Amélia ou a Rosane de Oliveira como enviadas especiais. Quem sabe a aviação israelense não acerta um alvo "estratégico".

Makno disse...

Israel é um território muito pequeno. E tem feito inimigos e vitímas constantemente. Em algum momento da história seus inimigos terão acesso a armamento capaz de lhe impor perdas significativas. Aí vão se perguntar o porquê de tamanho ódio e violência. Quem planta, colhe.

panoramix disse...

Moshe Avral Natan se realmente tu é judeu deves conhecer Adonai Yeshua HaMashiach ou simplesmente Yeshua! Judeu socialista crucificado lá atrás simplesmente por pregar a igualdade e fraternidade entre as pessoas. É teu patrício, o que é uma grande honra. Tenta seguir um pouquinho do que ele falou e tu vai ver que te sentiras um pouco mais humano (ou "não é prático"?)! Nem todo mundo pensa como tu (fake jew)! Conheço judeus e arabes incriveis que choram pelo que está acontecendo em Gaza! Tu é um em dez, és exceção!

edu disse...

Na verdade sao "financeiros" que nao sabem como destruir a montanha de dinheiro de "papel", de moeda debito que criaram desde 2001, ano do atendado às duas torres, que propiciou a conquista do Iraque.

Tiveram mais 5 anos, apos o ataque em 2003, agora a montanha voltou a se tornar insustentavel, novamente precisam de outro fato, de outra forma para destruir a riqueza de papel.

Outra guerra, tentaram 3 vezes em 2008, nao conseguiram lehman e madoff faliram...pagaram...mas quanto tempo ainda as pessoas de boa vontade conseguirao segurar esses crapulas?

Ovelhas disfarçadas de cordeiro, se dizem Judeus, na verdade se escondem atras de um povo, de um povo que nos deu um certo Yeshua...

Anônimo disse...

Para o Moshe Nata:

De Grouxo Marx:

O Sionismo é o Nazismo cricuncisado.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Muito boa essa Dode. Muito boa.

Anônimo disse...

Grouxo Marx que era judeu, mas não imbecil como certos sionistas nojentos.

Os assassinos sionistas estão conseguindo o que nem Hamas, nem OLP, nem qualquer outra organização de resistência vinha conseguindo: ódio!

armando

Ary da Silva Martini disse...

Fico tentando imaginar - olhando para essa família, e pensando nas minhas filhas - como será a loucura de um ambiente sacudido por bombas, mísseis e obuses. Dia e noite, sem parar - casas caindo, crianças chorando, morrendo, mães explodindo, pais perdendo braços e pernas na frente dos filhos, crianças esmagadas, incêndios por toda a parte, grito de sirenes enlouquecidas, hospitais e mesquitas incendiadas, pessoas correndo sem direção, com fome, com frio, sem roupas, sem água, sem energia. Dia e noite! Dia e noite! Será que o inferno é assim? Deve ser tal e qual. Não consigo imaginar cenário pior. Se o inferno for assim, Israel está nos apresentando ele em vida. A missão de Israel na Terra: mostrar em grande estilo e com qualificada cumplicidade, aos homens, mulheres e crianças, como é o inferno.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo