Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Morreu no último 23 de outubro, o grande artista René Burri, um fotógrafo inesquecível. Na foto, tirada na construção de Brasília, em 1960, estudantes aguardam o transporte escolar.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Duas anotações à entrevista de Tarso Genro



"Deveríamos ter considerado essa possibilidade" - afirma Tarso.

Ora, a mídia alternativa, as redes sociais, e sobretudo os blogs (sujinhos) vêm alertando para esse fato (que já pode ser arrolado como fato social, conforme a noção de Émile Durkheim, no sentido de coação exterior) há pelo menos quatro anos, desde que o PIG se formou com melhor método e organicidade, no correr do ano de 2006.

Essa ausência de registro político no universo mental-discursivo de alguém que vai governar o RS nos próximos quatro anos é um pouco preocupante, tanto mais sabendo-se que o tema da mídia é central hoje, tanto para a boa governabilidade, quanto para a ampliação dos espaços da democracia horizontal e participativa.


"Surgiu no debate político de maneira aleatória..." - diz o futuro governador do RS.

Como assim, "aleatório"? Até onde se sabe, o aleatório é o fortuito, o casual, que dependeu apenas do acaso. Isso não corresponde com a realidade, ao contrário. O apelo ao moralismo rebaixado e à religiosidade hipertrofiada foi - sim - uma opção político-eleitoral consciente da direita, representada pela candidatura do ex-governador José Serra. Não tem nada de aleatório. Como não havia base social, não há discurso propositivo para a isolada direita brasileira. A agenda não-política, não-republicana, é o que restou aos remanescentes das velhas oligarquias conservadoras, todas elas, indistintamente, operadoras e beneficiárias do golpe civil-militar de 1964/1985.

Temo que o sempre agudo e inteligente Tarso Genro esteja olhando a conjuntura por alguma fresta estreita e embaçada. Mude de lugar, melhore o seu ângulo, professor Tarso.

20 comentários:

fonceqa disse...

Dã. Forçação de barra de sua parte. 'Nós', na primeira passagem destacada, evidentemente refere-se à campanha Dilma. Quanto ao 'aleatório' na segunda passagem, obviamente não implica que o uso da religião na campanha não foi orquestrado. Você pega duas palavras e monta um presépio para encenar sua argúcia.

Juarez Prieb disse...

A agenda de ontem de Tarso foi um desastre. Não é hora de falar em previdência, vide o caso francês, vide que estamos em pleno decorrer do segundo turno, numa situação ôsca.

Pauta inoportuna, ocasião inadequada. Insensibilidade política de Tarso.

Começa mal.

Anônimo disse...

Mesmo ficando explícito que o PT somente teve sucesso nessa eleição estadual porque não entrou dividido por picuinhas de tendências, sempre há uns pé-no-saco pra ficar buscando detalhes para fomentar discórdia. Temos que aprender com os erros e enfrentar o verdadeiro inimigo, que certamente não é o eleito pelo autor do texto.
flavio

Anônimo disse...

Pois é: "não é hora de falar em Previdência"... --- Dá até pra adivinhar qual vai ser a "surpresa" para depois da eleição... Se ninguém mexer na DRU, por exemplo: para quem será que sobra a conta?
Seja como for, a sorte do próximo governante é que o Brasil não é a França: aqui a coisa vai ser fácil (como foi das outras vezes, aliás...).

1984 disse...

Tanto Serra quanto Dilma vão desprezar os pobres:

http://brasil1984.blogspot.com/2010/10/tanto-serra-quanto-dilma-vao-desprezar.html

Breton disse...

O ataque ao funcionalismo proposto pelo "progressista" Tarso virou insensibilidade política, pauta inoportuna em ocasião inadequada. Tá bom...

Francisco Goulart disse...

Eu já disse: Tarso está mal assessorado em algumas questões...

Jordi disse...

bala de prata pela culatra

Vazamento da Receita

Jornalista diz que dados eram para proteger Aécio


http://www1.folha.uol.com.br/poder/817429-jornalista-confirma-a-pf-que-encomendou-dados-de-tucanos.shtml

Anônimo disse...

Juares, ele já esta pagando o "tributo"... antes mesmo de ser cobrado... se a Dilma não ganhar (toc!toc!toc!) seu governo será tão direitoso como o de um fogasa qualquer.

Flics

Nelson disse...

Decepar* uma árvore para que alguém não consiga saciar-se com seus frutos e colocar um soldado armado para guardar essa árvore.
Coisas dignas daquela que é considerada a única democracia o Oriente Médio.

* Para mim, o que os colonos fizeram foi decepar a árvore e não podaram-na, Feil.

Armando disse...

Calma. Entendi como ironia fina. Só isso. Vamos à vitória. Depois do dia 31 precisamos tratar com carinho do "fenômeno" mídia no novo(?)Congresso.

armando do prado

Anônimo disse...

Fonseqa

Pois argúcia perece ser o q está faltando para o Tarso nesse momento.
Onde ele viu essa "não toda" mídia envolvida nesse "trabalho muito bem feito" de detonar a Dilma. Só se ele estiver se referindo aos internautas simpatizantes da Dilma, q fazem das tripas coração para apagar incêndios q os serristas ateiam a todo o momento. Alguns até entram, por conta própria, com ações na justiça, fazendo um trabalho q deveria ser do partido.

No mais, como diz o blogueiro, precisamos descobrir por qual fresta ele está espreitando a conjuntura, pois está vendo coisas q escapam a nós míseros mortais.
A mim parece, q até o momento, Tarso nos está oferecendo mais do mesmo no q diz respeito a sua percepção da mídia. Se continuar assim a coisa vai mal.

Eugênio

Anônimo disse...

essas manifestações oriundas de ressentimentos pessoais infanto-juvenis, oriundos de interessezinhos contrariadinhos no passado , não podem prevalecer ante a causa maior..

Anônimo disse...

Nem está na hora de atacar o "quarto poder".
Qualquer coisa é atentado à liberdade de imprensa.
Xiliques e mais xiliques.

Anônimo disse...

Concordo com Armando. Vejam a raiva do casal nacional hoje, em plena vigência do golpe midiático e alimentados pelo factóide (Lacerda??) envolvendo Serra. Cuidado com esses caras até o dia 31. E carinho, Armando, muito carinho para tratar bem direitinho essa questão.

Antonio Carlos de Holanda Cavalcanti disse...

Gostaria que o editor do DG comentasse a declaração do Tarso, diante de integrantes da tal Agenda 2020, sobre criar um teto para as aposentadorias dos servidores públicos. Mais cortes, além de todos os promovidos pelos (des)governos que passaram e que nunca resolveram a crise das finanças públicas (sabemos que o problema se situa em outros setores). Ao que parece, o governo Tarso será igual ou pior que todos os demais. Daqui a quatro anos, com certeza, assistiremos a mais um fracasso da situação nas urnas.

Anônimo disse...

Parece q tem uma turma q sempre está disposta a postergar o impostergável e ainda por cima vem com esse papinho otário de "ressentimentos juvenis" ou "enfrentar o verdadeiro inimigo, que certamente não é o eleito pelo autor do texto". É????? E quem é o verdadeiro inimigo, então????
Lula fez de conta, durante oito anos, q a mídia ñ era inimiga estratégica e agora está pagando o preço.
http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1684
Não temam cagões, se vcs enfrentarem a mídia ñ perderam nada pois ñ há mais nada a perder.

Eugênio

Anônimo disse...

(JPBORGES)
FEIL E OUTROS AÍ: VOCÊS ESTÃO VIAJANDO!! TARSO DENUNCIA- SEM FAZER MÉDIA - A "PRATICAMENTE TODA" UNANIMIDADE DA MÍDIA CONTRA O PROJETO DILMA. QUAL É O QUESTIONAMENTO? "AH, DISSE QUE NÃO É TODA A MIDIA..." PORRA! TEM UNS RECORD, SBT E OUTROS QUETAIS QUE NÃO PODEM SER CONSIDERADOS LEGÍTIMOS P.I.G., ENTÃO DÁ PRA DIZER QUE "QUASE TODOS"... OUTRA: "NÃO DEVERÍAMOS TER SIDO SURPREENDIDOS..." É ISSO MESMO. TODO MUNDO QUE ANDA POR AQUI SABE QUE A BLOGOSFERA FAZ SUA PARTE COISA E TAL. MAS O TARSO NÃO INTEGROU A CAMPANHA DA DILMA E ESSA É SIMPLESMENTE A RESPOSTA À PERGUNTA DA MATÉRIA. ELE, O TARSO, NÃO PODERIA TER SIDO SURPREENDIDO,POIS 1) FOI ELEITO E 2) NÃO INTEGROU A CAMANHA DA DILMA NO PRIMEIRO TURNO! E A QUESTÃO DO ABROTO? QUAL É O PROBLEMA? O TEMA, DE FATO "SURGIU DE MANEIRA ALEATÓRIA" (PADRES). BODE NA SALA. AÍ DEU CERTO E "VIROU QUESTÃO IMPORTANTE". PASSOU A TER USO PELA CAMPANHA SERRISTA, MÍDIA ETC). ACHO QUE VOCÊS SÃO DO PSOL...






"Surgiu no debate político de maneira aleatória..." - diz o futuro governador do RS.

Como assim, "aleatório"? Até onde se sabe, o aleatório é o fortuito, o casual, que dependeu apenas do acaso. Isso não corresponde com a realidade, ao contrário. O apelo ao moralismo rebaixado e à religiosidade hipertrofiada foi - sim - uma opção político-eleitoral consciente da direita, representada pela candidatura do ex-governador José Serra. Não tem nada de aleatório. Como não havia base social, não há discurso propositivo para a isolada direita brasileira. A agenda não-política, não-republicana, é o que restou aos remanescentes das velhas oligarquias conservadoras, todas elas, indistintamente, operadoras e beneficiárias do golpe civil-militar de 1964/1985.

Temo que o sempre agudo e inteligente Tarso Genro esteja olhando a conjuntura por alguma fresta estreita e embaçada. Mude de lugar, melhore o seu ângulo, professor Tarso

Anônimo disse...

(JPBORGES)
FEIL E OUTROS AÍ: VOCÊS ESTÃO VIAJANDO!! TARSO DENUNCIA- SEM FAZER MÉDIA - A "PRATICAMENTE TODA" UNANIMIDADE DA MÍDIA CONTRA O PROJETO DILMA. QUAL É O QUESTIONAMENTO? "AH, DISSE QUE NÃO É TODA A MIDIA..." PORRA! TEM UNS RECORD, SBT E OUTROS QUETAIS QUE NÃO PODEM SER CONSIDERADOS LEGÍTIMOS P.I.G., ENTÃO DÁ PRA DIZER QUE "QUASE TODOS"... OUTRA: "NÃO DEVERÍAMOS TER SIDO SURPREENDIDOS..." É ISSO MESMO. TODO MUNDO QUE ANDA POR AQUI SABE QUE A BLOGOSFERA FAZ SUA PARTE COISA E TAL. MAS O TARSO NÃO INTEGROU A CAMPANHA DA DILMA E ESSA É SIMPLESMENTE A RESPOSTA À PERGUNTA DA MATÉRIA. ELE, O TARSO, NÃO PODERIA TER SIDO SURPREENDIDO,POIS 1) FOI ELEITO E 2) NÃO INTEGROU A CAMANHA DA DILMA NO PRIMEIRO TURNO! E A QUESTÃO DO ABROTO? QUAL É O PROBLEMA? O TEMA, DE FATO "SURGIU DE MANEIRA ALEATÓRIA" (PADRES). BODE NA SALA. AÍ DEU CERTO E "VIROU QUESTÃO IMPORTANTE". PASSOU A TER USO PELA CAMPANHA SERRISTA, MÍDIA ETC). ACHO QUE VOCÊS SÃO MAGOADOS DO PSOL... EVOLUAM! O INIMIGO É OUTRO

Anônimo disse...

JPBorges

Mas qual é o "outro" inimigo, cacete?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Eugênio

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo